Xinando - Cartoon
Cartoons made in Açores

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Desenhar dizeres 16

Expressão
Cartoon de 28 de Abril de 2014


(Sem sombra de dúvida)

domingo, 27 de abril de 2014

Desenhar dizeres 15

Expressão

Cartoon de 27 de Abril de 2014




(Pau para toda a obra)

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Na Tasca 142 - + 25 - 25

Tenho a mesma idade que o 25 de Abril. Bem, menos 4 meses, o que pode fazer de mim um comodista, pois só cá cheguei depois da velha senhora se ter ido.
Com a mesma idade que este evento, vi-me a crescer ao mesmo tempo que esta democracia. Não me lembro dos tempos iniciais, bebé, com muitas fraldas para ir trocando e muita infantilidade (talvez comum a ambos). Mas lembro-me a partir da infância, do processo de crescimento, e da fase em que se deve amadurecer e assumir responsabilidades.
Concluo que tenho a mesma idade que esta democracia, mas estou muito melhor conservado, apesar das mazelas que se vai adquirindo na vida, e que, sobretudo (e felizmente) sou muito melhor tratado e acarinhado.
Ainda bem para mim, mas mal para este país...
Vejo que vai haver, de novo, o frete das figuras de estado a passar o feriado na Assembleia da República. Se calhar, muitas delas deveriam festejar a sua "liberdade" nos respectivos bancos e não nos bancos da AR.

Cartoon de 25 de Abril de 1974

quarta-feira, 23 de abril de 2014

terça-feira, 22 de abril de 2014

segunda-feira, 21 de abril de 2014

domingo, 20 de abril de 2014

terça-feira, 15 de abril de 2014

Desenhar Dizeres 10

Mais uma expressão para adivinhar

Cartoon de 15 de Março de 2014



(Mais vale tarde que nunca)

segunda-feira, 14 de abril de 2014

sábado, 12 de abril de 2014

domingo, 6 de abril de 2014

Na Tasca 141 - Prescrições

Será que quanto maior o crime, menor o tempo de prescrição? O mesmo para as multas e outras sanções, desde que envolvam figurões da vida política e associados aos centros de decisão. Tudo prescreve, menos a desonestidade, a cara de pau e o descaramento.
Vê-se que a justiça, quer a criminal quer a fiscal, usa gatinhos para caçar. Resultado: os gatinhos perseguem e apanham ratinhos, pois têm medo das ratazanas (talvez do seu tamanho), e nem se aproximam dos grandes ursos, lobos, e toda a caça grossa que por aí anda a passear.
Deixa-se prescrever grandes dívidas ao fisco e multas de milhões, porque os visados até ajudaram a escrever as leis, e garantiram estas saídas "legais" de algum "pequeno" problema que apareça na sua vida. Ao mesmo tempo, quase que se criminaliza quem tiver qualquer tipo de rendimento, seja um ordenado, independentemente do patrão (público ou privado), e do tamanho do vencimento ou da sua carga horária, ou seja uma pensão, depois de descontar décadas por ela.

Cartoon de 06 de Abril de 2014