Xinando - Cartoon
Cartoons made in Açores

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Incompreender - prancha 50

Tiago
(para ver a história completa, clique na imagem)

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Incompreender - prancha 49


(para ver a história desde o início, clique na imagem)

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Ilustração das Raças Autóctones Portuguesas - 1000 horas



Há quatro anos e meio, dei início à ilustração das raças autóctones Portuguesas, desafiado pelo Manuel Silveira. Este projecto em colaboração com a Ruralbit, com um grande apoio da Joana Espirito Santo e da Cláudia Moreira, é publicado online, na página https://ilustracoes.ruralbit.com/

Com o apoio incondicional da Rita Sousa Melo, dediquei muito tempo a este projecto, investigando, aprendendo sobre as raças, tentando melhorar continuamente a técnica de ilustração científica.

A elaboração das ilustrações foi acompanhada e validada por imensos técnicos e associações conhecedores de cada raça. A todos muito obrigado pela colaboração.

Neste momento, já ilustrei todas as raças, embora ainda haja ilustrações para terminar e/ou substituir, devido a compromissos comerciais assumidos.

Porquê esta publicação? Como tenho registado o esforço de trabalho a ilustrar (sem contar com talvez outro tanto de contactos e pesquisa), ao trabalhar no galo da Raça Pedrês Portuguesa, atingi uma marca: 1000 horas a ilustrar para este projecto!

Cá está o momento e um resumo dos resultados até agora.

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

sábado, 15 de setembro de 2018

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

sábado, 25 de agosto de 2018

terça-feira, 14 de agosto de 2018

segunda-feira, 30 de julho de 2018

quarta-feira, 25 de julho de 2018

sexta-feira, 20 de julho de 2018

sexta-feira, 13 de julho de 2018

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Incompreender - página 6

A história avança devagarinho, com novas personagens.
Vamos conhecendo novas pessoas, encontrando novas primeiras impressões, e também deparando-nos com aquilo que podem pensar uns dos outros.


sexta-feira, 6 de julho de 2018

Incompreender - página 5

Prancha número 5 já online.
Aqui já andava a fugir do guião que tinha escrito, a história já queria andar sozinha.
Tinha decidido usar tons de cinza e ainda andava a pensar como os usaria de forma correcta.
Além disso, e se queria uma sucessão de personagens, teria que lhes dar nome, e isso parecia-me ainda mais difícil que o resto. Não queria simplesmente dar nomes à toa. Arranjei um sistema para "baptizá-los", que não vou revelar por agora. Esse sistema também me permite ter uma noção do avanço da história.

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Banda Desenhada - Incompreender (pois)

Durante os últimos meses, com um pequeno caderno e algumas canetas, fui fazendo uma banda desenhada de forma aleatória. A história "aparecia" em cada dia, e assim surpreendia-me também.


Este foi um duplo desafio: criar uma história; e desenhar sem rascunho, directamente. A história ainda está a crescer, pois ainda não completei o caderninho. O desenhar sem rascunho foi cumprido, com excepção de duas ou três páginas em que fiz um estudo prévio noutro caderno.
Tem alguns erros de desenho e espero que não tenha nenhum ortográfico, resultado do desenho directo, tornado definitivo naquele caderno.

Embora ainda não esteja completo, vou começar a publicar a história.

Espero que alguém goste. Eu distraí-me, abstraí-me e diverti-me.

Pode clicar na seguinte ligação para ler a banda desenhada Incompreender.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Na Tasca 190 - facebook

Ia escrever sobre isto, mas ninguém ia acreditar, ou, pior, podiam acreditar demais...

Cartoon de 24 de Abril de 2018

quarta-feira, 14 de março de 2018

O tempo e a sua breve história

Em 1994, li um livro fascinante, chamado "Breve História do Tempo", de um autor chamado Stephen W. Hawking. Lembro-me de comprá-lo porque parecia interessante e porque devia ser bom, porque o prefácio era de Carl Sagan. Não era bom, era muito bom!
O que me ajudou a ver/aprender? Que podemos viver em universos maiores ou menores (familiares, profissionais, geográficos), mas somos sempre peças de engrenagens, que se interligam a diversas escalas.
Se há buracos negros ou não? Isso é o menos importante. O mais importante é percebermos como isto tudo funciona nas diversas escalas, e percebermos que os desafios que nos aparecem pela frente nos podem levar a novos universos/realidades, e que em cada um há forças, regras e desafios a superar.
A longevidade e produtividade desta mente brilhante, é e sempre foram uma inspiração para mim. O seu físico foi sendo reduzido de forma atroz, daquela forma em que quase sempre se institucionaliza as pessoas e deixa-se à espera que vão vegetando. Contudo, isso não o parou, nunca.
Com a ajuda da tecnologia, mas principalmente da sua mente e força de vontade, pudemos ter este exemplo genial.

Cartoon de 14 de Março de 2018