Xinando - Cartoon
Cartoons made in Açores

sábado, 24 de dezembro de 2011

Ecos 32 - Salvar...

A natureza é como a vida, todos iguais, mas alguns mais iguais do que outros...

Cartoon de 23 de Dezembro de 2011.

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Na Tasca 84 - Coroação de Alberto João XI

Será que já decidiram com quem é que esta gente toda que está no poder está a gozar? Eu tenho um forte palpite sobre isto...

Cartoon de 09 de Novembro de 2011

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Na Tasca 83 - Isaltinar a Lei

Afastar a juíza e interpor recursos até que os crimes prescrevam... espectacular o desfile de falta de carácter e de honestidade, às claras, gozando a com a cara de todos nós. Os nossos noticiários são divididos entre este tipo de processos que envolvem os poderosos impunes e descarados desta terrinha, e outros que nos vêm dizer que devemos aceitar a austeridade, para bem do país. Bem, façam-me acreditar que é para o bem do país, começando por limpar este lixo parasita que anda pelas esferas do poder.

Cartoon de 08 de Novembro de 2011

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Na Tasca 82 - Oh, não diversificaram

Li esta capa de jornal... quando podiam ter diversificado, o que fizeram?
Ah, esperam, agora é a AGRICULTURA que lamenta... já estava habituado a chamarem sempre de lavoura...

Cartoon de 07 de Novembro de 2011

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Vender tudo?


Será que o FMI e a corja que domina este país há décadas querem comprar, ou preferem ficar com a pele?

Cartoon de 18 de Outubro de 2011

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Na Tasca 81 - 13 de Outubro...

Esta manhã, ao ouvir falar da questão dos feriados, passou-me esta ideia de cartoon pela cabeça. Mal imaginava que se tornaria mais pertinente ao final do dia. Obrigado, Sr. Primeiro-Ministro, classe política em geral, e ladrões e corruptos em particular!
Acabem com o Natal, a Páscoa, o 25 de Abril, o 10 de Junho, tudo! Passemos a festejar apenas o dia 13 de Outubro, em memória de um dos maiores massacres da história deste país.
Custa pagar sempre pelos erros, incompetências, compadrios e crimes dos outros. Classe política (independentemente de cor política, que são demasiados e de todos os quadrantes) a responder criminalmente já! E não me venham dizer que nós é que os elegemos, pois só temos opção entre a abstenção e um qualquer da corja.

Cartoon de 13 de Outubro de 2011

domingo, 25 de setembro de 2011

MonoCultura 78 - La vache qui rit...

Receber bem é de bom tom. Aparentemente, as vacas em São Jorge estavam bem preparadas para receber Sua Excelência o Presidente da República. Obrigado vaquinhas com sentido de estado!
Será que o senhor Presidente sabe que, além de vacas, os Açores são povoados por gente? Espero sinceramente que sim...
A ver pelo prisma das produções simpáticas, ainda bem que a comitiva presidencial não foi ao Pico. De repente, um cacho de uva sorria-lhe, chamava-o para uma adega e o "Sr. Silva" ainda saía de lá com um grande grão.

Cartoon de 25 de Setembro de 2011

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Manguitos...

Cada dia que passa, vemos que os políticos em geral e os governantes em particular estão sempre a nos mandar manguitos. Até isso tiraram ao povo...

Cartoon de 22 de Setembro de 2011

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Não me assiste

"Ó Lei, sai da frente... sai da frente, Lei... Leeeeiiiii!!!"

Cartoon de 20 de Setembro de 2011

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Na Tasca 80 - Bailinho da Madeira?

Segundo o Primeiro Ministro, o governo vai criar legislação para que uma situação destas [da Madeira] não se repita. Mesmo assim, Alberto João Jardim não perde confiança política do partido, isso é coisa para o eleitorado...
Está tudo doido? Gestão danosa para um estado inteiro, prejudicando alguns milhões de portugueses (os que trabalham, já não sabem durante quanto tempo vão ter trabalho, e sempre pagaram os seus impostos), e só dá para pensar em criar leis para que não se repita? Palmadinha na mãozinha de Alberto João...

E ao mesmo tempo, anuncia-se orgulhosamente leis contra o enriquecimento ilícito... Outra vez o enriquecimento ilícito a ser discutido, quando o nome ilícito já diz tudo?
Posso não perceber bem, mas:
- Não cumprir com obrigações de comunicação e transparência é contra a LEI;
- Endividar além do que a LEI permite, também;
- Enriquecer por meios não legítimos é fazê-lo contrariamente à LEI...


Cartoon de 16 de Setembro de 2011

sábado, 20 de agosto de 2011

MonoCultura 77 - Graffiti

Ponta Delgada está com uma nova decoração, com graffitis nas fachadas de vários edifícios degradados. São vários trabalhos de grande qualidade gráfica e com temas oportunos e enquadrados nos edifícios em causa.
Parabéns aos artistas e promotores desta iniciativa.
Cartoon de 19 de Agosto de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

ECOS em exposição em São Jorge

Nos dias 27 a 29 de Julho, os Ecos estarão expostos no Salão da Sociedade Filamónica Urzelinense, na Urzelina, ilha de São Jorge.
A exposição está integrada na XV Expedição Científica do Departamento de Biologia da Universidade dos Açores, e poderá ser visitada entre as 21:00 e as 23:00, duante a realização do ciclo de conferências integrado nesta expedição.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Na Tasca 79 - Emissões de dívida

Hoje foi Espanha, o BES e o Sporting, pelo menos. Emitir dívida parece estar na moda... se calhar não está sol suficiente e a praia não apetece muito...

Cartoon de 19 de Julho de 2011

sábado, 16 de julho de 2011

MonoCultura 76 - O Helipastor

Troço do Rallye Açores cancelado por haver vacas na estrada... Tantos helicópteros e ainda não usam um para pastor? Era simples, traziam os helicópteros um mês antes, habituavam as vacas aos helicópteros, e depois usavam os mesmos para conduzir os animais no dia da prova.
Ah, teriam que levar um lavrador à janela com um pau ou alguma coisa parecida na mão.

Cartoon de 16 de Julho de 2011

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Lixugal

Classificação de lixo...
Quer dizer, quem pensam que são estes americanos para falarem mal de Portugal? Já não bastam os portugueses? Sim, porque falar mal do nosso país é um exclusivo dos tugas, a não ser que não nos tivéssemos dado ao trabalho de registar essa patente... pronto, não demos...

Gosto bastante de saber que coisas tão sérias como as nossas vidas, o nosso dinheiro, o nosso trabalho, estão dependentes da classificação de empresas que usam de alguma arbitrariedade e estratégia, e que têm nomes tão credíveis como:
Moody's = Mal-humorado, rabugento
Fitch = nome antigo usado no inglês para doninha-fedorenta
Standard & Poor's = padrão de mau, ruim, pobre, miserável, medíocre, necessitado...

Um dia, abro uma empresa de classificação de bom humor, e vou chamar-lhe Sadness & Dispair...

Cartoon de 07 de Julho de 2011

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Na Tasca 78 - Meio subsídio

O próximo Natal será meio... quer dizer, não é o Natal, mas aquilo será assim como meio... bem, meio meio não será, mas, enfim, meio...
O que será meio Natal? Na? Tal? Se calhar fica só Na... ou então só não será o Tal Natal... se calhar fica só meio...
O Natal será sempre Natal, cada um fará dele um misto daquilo que quiser e daquilo que puder.
Agora não me admiraria que um dia destes a Páscoa também pagasse imposto.

Cartoon de 06 de Julho de 2011

quarta-feira, 29 de junho de 2011

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Na Tasca 77 - Aumentar a cerveja

Se querem aumentar as coisas, aumentem como deve ser.

Cartoon de 11 de Maio de 2011

Na Tasca 76 - Era o povo, pá!

Muitos anos sem ver o festival eurovisão da canção... dá para perceber que cantar em inglês e de preferência com ar rockeiro conta pontos na hora da votação.
Os Homens da Luta tinham pelo menos duas coisas contra si: cantaram em português, e não apresentaram aquele espectáculo visual que muitos incrementaram (apesar de estarem também mais produzidos e brilhantes).
Que tenham ficado para trás não me choca, fogem à fórmula festivaleira da eurovisão. Agora, que houve muita má música e más vozes a passar... e a música, pá?
Cartoon de 11 de Maio de 2011

quinta-feira, 21 de abril de 2011

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Na Tasca 74- 15 anos de rendimento mínimo

Não podia deixar de me associar aos festejos.
Quando atingir os 16 anos já pode ir trabalhar?

Cartoon de 18 de Abril de 2011

sábado, 9 de abril de 2011

Na Tasca 73 - FMI e FEE

Bem, quando é preciso pedir "FÉE" para fora, não admira que se comece a pensar em ficar com um bocado de FMInha...

Agradeço a ideia (e encenação) aos amigos Marta Mota e José Machado, que hoje "visitaram" esta tasca.

Cartoon de 09 de Abril de 2011

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Help me, please...

O que menos me importa é se fica bem a olhar para a direita, para a esquerda, para cima, para baixo, para trás...
Por esta altura, qualquer uma das caras do costume cansam, sejam os mais vaidosos ou os menos vaidosos!

Cartoon de 06 de Abril de 2011

Fair-play, foi?

Segundo consta, antes do jogo Benfica-Porto, o FCP terá recusado fazer-se acompanhar de crianças equipadas com o equipamento do adversário, à entrada em campo, como é habitual nos jogos. De tanto se falar nos túneis, talvez tivessem medo de serem agredidos pelas crianças (um beliscão na perna, sei lá). Ou então, tinham medo de, ao segurarem a mão de uma criança, ficarem contagiados e virassem benfiquistas... talvez se o Roberto não tivesse segurado a mão de uma criança equipada à Porto...
Não sei a história é completamente correcta, pois já houve desmentidos, etc. Não acredito em ninguém, não duvido que haja um "alindar" das versões ao jeito de cada freguês. Continuem a alindar, continuem a alimentar guerras, continuem a alimentar notícias parvas, qualquer dia ninguém vos liga.

Cartoon de 06 de Abril de 2011

terça-feira, 5 de abril de 2011

MonoCultura 75 - Como cães

A entrada em funcionamento, no Hospital de Angra, de um serviço biométrico, ou seja, uma máquina de picar ponto para os médicos, originou a indignação da representação regional da Ordem dos Médicos. De acordo com o representante daquela ordem na região, picar o ponto será um insulto para os médicos, sendo comparado a tratar a classe como cães.
Picar o ponto não é necessariamente sinal de que se trabalha ou não, bem ou mal. De qualquer modo, não é nada de transcendente, dependendo das regras em vigor e da forma como se usa a informação da máquina das impressões digitais.
Comparar isso a ser tratados como cães... bem, isso já custa um bocado. Pico o ponto há uns anos num sistema destes e nunca me deu para ladrar ao passar o dedo no sensor. Se ladrasse, também deixava de ir a médicos, e passava a ir a veterinários...

Cartoon de 05 de Abril de 2011

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Na Tasca 72 - Foi-se embora a luz


O "desporto" nacional tem andado na idade da pedra, pedrada para ti, pedrada para mim. É tipo pré-história, apenas com microfones e câmaras para ampliar os urros neandertais dos dirigentes, que incendeiam tudo à sua volta.
Se dúvidas houvessem sobre a idade da pedra, um estádio às escuras provou isso mesmo. Qualquer dia, inventam o fogo e a roda e a civilização há-de chegar ao futebol.
Apagar a luz para os adversários não festejarem é imbecil, e para quê essa imbecilidade? Mesmo que no ano passado estivesse vedada um eventual festa nas ruas do Porto, se não acharam justo nem desportivo, não se repete.
Justificam isso porque há anormais que atiram pedras? Há-os nos dois lados e isso não são adeptos, são criminosos.
O Porto foi campeão (já se sabia desde as primeiras cinco jornadas), parabéns aos jogadores, pois não tenho nada contra eles. Não gosto do seu presidente nem do que ele representa (imagem da corrupção e impunidade dos poderosos que abunda neste país), mas se querem que as pessoas assistam ao futebol, deixem que o futebol seja um espectáculo, e não uma estupidez.

Cartoon de 04 de Abril de 2011

quinta-feira, 24 de março de 2011

Na Tasca 71 - Entornado

Pois, e vão concorrer os mesmos, para fazer o mesmo, embora eventualmente em papeis diferentes...

Cartoon de 24 de Março de 2011

sexta-feira, 4 de março de 2011

Chicharroponto

Afinal, quando há alguns dias atrás se noticiava que as lulas estavam a fugir à lota, havia uma razão obscura para  isso. Os chicharros não são tão desenrascados, e ala direito para o lixo.
Sugestão de evolução dos ecopontos: um chicharrão, para encaminhamento dos chicharros a reciclar. Com sorte, são reciclados em chernes.

Cartoon de 04 de Março de 2011

quarta-feira, 2 de março de 2011

MonoCultura 50 - Turismo de biscates

Fim de um ciclo. Em 2002, a série MonoCultura, então publicada no Portal Virtualazores, terminava a sua"carreira" de um ano como publicação regular. Foi uma fase gira, em que havia obrigação de apresentar um cartoon semanal. A oportunidade de colaborar com uma publicação regular online foi extremamente enriquecedora.
Claro que desenhar por desenhar é sempre mais fácil, pois há sempre alguma tensão associada ao cumprimento de um calendário. Havia semanas com várias notícias inspiradoras, em que até dava pena não poder publicar dois ou três cartoons. Noutras semanas, no entanto, uiiiiii, nem uma notícia inspiradora, era forçar um boneco, era um suplício até surgir uma ideia, fosse o que fosse!
Digno de caricatura eram também os métodos usados então, a uma década de distância, parecem tão arcaicos! Na falta de caixas de correio com grande capacidade, na falta de ligações à internet rápidas (sim, esperávamos o aparecimento lento das páginas, e ai delas se tivessem imagens...) e na falta de meios de transporte como uma pen ou um disco externo, era assim: fazer o cartoon em papel, digitalizar (ai tantos engates do scanner), colorir no computador, gravar para um CD, e ir levar o CD à Terra-mar/Virtualazores... outros tempos! E aquilo parecia tão moderno e inovador!
Pronto, é isso, nem vale a pena falar nas dúvidas sobre se alguém tinha percebido os cartoons e, nesse caso, se o mesmo tinha agradado ao cliente e aos leitores...

Cartoon de 2002, então publicado no Portal Virtualazores

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Hulk contra o porquinho

Era uma vez um porquinho que era um grande porcalhão. Viveu no mundo dos homens e não gostava muito das leis deles, mas queria por força viver lá. Depois de ele ter prejudicado homens honestos, os homens resolveram colocá-lo num lugar pago à custa dos impostos dos homens que foram vítimas do porquinho porcalhão, mas ele continuava a não gostar nem dos homens, nem das leis dos homens, pois era simplesmente um porquinho porcalhão.
Outros homens eram vizinhos de cela do porquinho porcalhão, mas a sua vida estava a ficar insuportável perante tamanha pocilga, mas o porquinho era orgulhosamente porcalhão e resistia e agredia os seus tratadores.
Um dia, os tratadores tentaram controlar o porquinho porcalhão com meios duros, mas simples, e resolveram filmar a situação. Por acaso, aquilo foi decidido de repente, o que fez com que o Hulk, que era tratador de porquinhos, tivesse pegado no escudo que tinha mais à mão, por pouco não pegou no da Hannah Montana, que estava mesmo ao lado do escudo da Floribella.
Dali resultou um filme best-seller, pois alguns jornais têm o vício da lama, têm tanto vício que não conseguem evitar chafurdar assim que lhes cheira a lama ou lodo. Mas claro, quando se enfia o focinho a primeira vez na trampa para chafurdar, sem sequer olhar e cheirar primeiro, a trampa pega-se à cara e pode turvar a visão desde o princípio, não desapegando e impedindo que se veja mais além.

Costuma-se dizer que a conversa do português acaba sempre no mesmo, mas também sempre ouvi dizer que quando a conversa chega à trampa, é porque está na altura de acabar.
Acho que todas as pessoas têm direito à dignidade, mas também têm que se dar a isso. Questiona-se imediatamente o tratamento supostamente desumano com que o recluso foi tratado. Chama-se um ministro à assembleia para responder por isso. Posso questionar também? Vou mesmo:
- Quem defende da dignidade dos outros reclusos que estavam incomodados com aquilo?
- Quem, entre a classe política e jornalística, defende com tanto brio as vítimas daquele senhor? (vítimas de crimes, além de eventuais vítimas entre os outros reclusos e o pessoal prisional, que tem que lidar com ele?)
- Quem se importa com os que não cometem crimes? Com os que são vítimas de crimes? Com os que pagam o alimento que aquele senhor atira para o chão, para o meio dos seus dejectos?
- Lamento também o escudo com o Hulk, pois pareceu-me o único comportamento menos profissional que aparece no vídeo (e que faz pensar se o vídeo chega a ser real ou encenado);
- Mais lamento que se tenha que pagar a comida de quem a atira fora, e que sejam precisos tantos guardas, jornalistas e deputados a dar tanta atenção a um porquinho porcalhão.

E com tantas coisas sérias e realmente importantes a se passar por aí, dedicamos a nossa atenção sempre e só a trampa...

Cartoon de 23 de Fevereiro de 2011

domingo, 20 de fevereiro de 2011

O significado das tabuletas

Já pensaram no que querem dizer alguns sinais e tabuletas que andam afixadas por aí? Pensam que conseguem sempre perceber a mensagem? Têm a certeza?

Cartoon de 20 de Fevereiro de 2011

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Como fazer ecopontos

Há segredos na natureza que são difíceis de desvendar. Por exemplo, como se faz um ecoponto? Grita-se um ponto para um vale e espera-se que o eco devolva três...

Cartoon de 19 de Fevereiro de 2011

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Ecos 30 - Ecopontos...

Às vezes ficamos um bocado a pensar onde colocar determinados resíduos. Será que vão para o ecoponto? Para o azul, o verde ou o amarelo? Ah, afinal é para o vermelho!
Papelão, embalão, vidrão, oleão, pilhão... para quando um cotonetão? e um comprimidão?
Se a confusão é muita para depositar os resíduos, que tal produzir menos resíduos? Não seria mais simples?

Cartoon de 17 de Fevereiro de 2011

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Crianças contribuintes

Novas regras para apresentação do IRS: todos os dependentes têm que ter número de contribuinte e as despesas apresentadas têm que vir em seu nome e com o respectivo NIF na factura ou recibo.
Depois de tantos avanços sociais, parece que queremos voltar ao trabalho infantil. Crianças são crianças, são dependentes dos pais, estes sim contribuintes. As crianças não discutem, nas creches, quanto cada uma ganha, tipo: "Sim, recebo um bocadinho de abono de família, tu não? Ah, deves ser rico!", e o outro a pensar: "Quando é que os meus pais ficam pobres, para eu ganhar mais que aquele menino?"...
Em casa não deverá ser menos confuso, entre irmãos: "Dá-me essa papinha, que está facturada no meu nome!".
Mais interessante será no caso de pais de gémeos: "Não, este é o pacote de fraldas do Joãozinho. As do Pedrinho são aquelas". Neste caso, será ainda mais interessante se o Joãozinho sujar mais fraldas que o Pedrinho, pois terá que declarar mais cocózinho no IRS...

Cartoon de 06 de Fevereiro de 2011

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Na Tasca 69 - Os bancos...

Estamos todos a ser aumentados. Não em tudo, que não seria justo, tendo em conta a situação do país, do mundo, da economia, dos mercados, do petróleo subir por fragilidade do dólar, do petróleo subir pelo fortalecimento do dólar, mas ao menos fomos aumentados na carga fiscal.
De qualquer maneira, seria socialmente injusto dar aumentos a quem tem muitos lucros, como os bancos. Por isso, estes ficaram excluídos deste aumento da carga fiscal. Tomem! Seus... bancos! Aprendam, que não serão contemplados com os nossos aumentos!

Cartoon de 04 de Fevereiro de 2011

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Na Tasca 68 - Ai o petróleo...

Quando deixar de subir, e na semana em que os combustíveis não subirem, aí sim, aí dêem a notícia...

Cartoon de 03 de Fevereiro de 2011

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Natação com tubarões...

Os Açores estão a alargar a diversidade de oferta turística: natação com tubarões.
Boa sorte para os promotores, e boa sorte para as vít... para os turistas.

Cartoon de 31 de Janeiro de 2011

domingo, 30 de janeiro de 2011

MonoCultura 74 - A fuga das lulas

O título do jornal era que as lulas andavam a fugir à lota. Para cefalópodes, parece um comportamento um bocado acéfalo... ora o ideal para as lulas era fugirem aos pescadores. Depois de pescadas, a lota é só uma etapa do destino prato, com ou sem lota.
Também me parece que este país chegou, finalmente, a um ponto sem retorno. Meus amigos, que os criminosos fujam da justiça (até já nem fogem, escarnecem dela), que os políticos fujam às responsabilidades,  que os contribuintes fujam ao fisco, que os eleitores fujam às eleições, ainda vai que não vai, pois são indícios de um país desgovernado. Agora, que até as lulas já fujam à lota, quer dizer, já não estamos só a falar dos humanos e daqueles que se fazem passar por gente, estamos a falar de outras espécies! É como se o ananás fugisse à morcela!

Cartoon de 30 de Janeiro de 2011

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Droga duradoura

Rabisco de cartoon. O ridículo disto tudo nem merece mais trabalho por um desenho melhor.

Cartoon de 27 de Janeiro de 2011

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Voto em crash

Depois dos votos válidos, nulos e brancos, Portugal inventou o voto em crash, ou seja, do sistema em baixo. Ainda não percebi foi como é que este senhor, o Abstenção Forçada se conseguiu apresentar em tantas mesas de voto... soa a falcatrua...

Cartoon de 25 de Janeiro de 2011

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

MonoCultura 73 - Pescar de colete...

Obrigar os pescadores a usar sempre o colete salva-vidas...
Dá um jeitão, imagino dois pescadores na borda do barco a conversar:
- Achas que tem algum peixe por aqui?
- Hum, não sei, não consigo ver o mar, está tudo cor de laranja...
- Temos que treinar o olfacto...

Devíamos também andar de avião com pára-quedas e colete salva-vidas, pelo sim e pelo não. Deve ser fácil, pois as cadeiras são tão espaçosas.
Cartoon de 24 de Janeiro de 2011

domingo, 23 de janeiro de 2011

Na Tasca 67 - Eleições

Muito se debate sobre a validade dos votos, dos votos em branco, dos votos nulos, e da própria abstenção. O debate decorre antes, durante, e após os actos eleitorais. Há quem pense que se abstenção ganhar, as eleições não valem. Há quem pense que não votar na bicefalia partidária é votar sem utilidades, o que também é muito redutor da democracia, da liberdade de expressão e mesmo da inteligência.
Qualquer que seja a opção de cada um, desde que tomada conscientemente, reflectidamente, é tão válida como qualquer outra.
Só votar sempre nos mesmos por hábito, ou não ir votar por comodismo, é que reflecte falta de reflexão, isso é o pior em democracia.

Cartoon de 23 de Janeiro de 2011

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

sábado, 15 de janeiro de 2011

Terceiro aniversário


Este blogue completou agora 3 anos. Nestes 3 anos, muitos cartoon foram publicados, quer do baú das antiguidades, quer novos cartoons que fui criando.
Aqui fica agora um dos cartoons mais antigos que fiz.

Cartoon de 12 da Abril de 1992

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

MonoCultura 49 - Abertura do jogo

Em 2002, discutia-se a iminente abertura do jogo nos Açores. Teria graves consequências para as famílias, não teríamos capacidade para suportar um casino, enfim, seria o fim do mundo.
É certo que seria de esperar que um casino pudesse contribuir para a ruína de várias pessoas, que eventualmente não soubessem controlar o vício e claramente não soubessem jogar.
Estas dúvidas foram discutidas há quase uma década... quem passa hoje na avenida marginal de Ponta Delgada consegue ver claramente que houve efectivamente quem não tivesse sabido apostar...

Cartoon Publicado no Portal Virtualazores em 2002

domingo, 9 de janeiro de 2011

Directamente da arca - Campanha eleitoral 1995-96

Quando publico um cartoon antigo, daqueles que vou buscar ao baú, costumo actualizar o mesmo à situação actual... desta vez não o farei, não é preciso... não comento e pronto!

Cartoon de 31 de Dezembro de 1995

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ecos 29 - Peças proibidas


A legislação CITES é bastante exigente no que diz respeito à posse de espécimes de espécies em risco de extinção. O princípio é lógico: se não se pode ter exemplares dessas espécies, ou partes deles, desincentiva-se a sua captura e abate (teoricamente).
O problema é que a lista é tão extensa, que se torna difícil identificar muitas das espécies, quanto mais partes delas, como ossos, penas, etc.
É mais ou menos como as listas dos partidos às eleições... muita cara, mas não dá para identificar bem os raros e os perigosos...

Cartoon de 06 de Janeiro de 2011